Archive of ‘Historias do Gael’ category

Como anunciamos a chegada do Gael

Quer saber como eu e a Ana fizemos para anunciar para a família a chegada do Gael?

Resolvemos que seria bem divertido fazer um vídeo para anunciar essa fofura de surpresa e aí a Ana começou a pesquisar como as famílias faziam para informar e a maneira de que escolhemos foi mostrar como a história de nossos pés, afinal é com eles que nos movemos para aqui ou acolá. Achamos que seria divertido ter um toque de suspense, pois até então todos que assistiriam se sentiriam confortáveis com a musiquinha leve como trilha sonora. (mais…)

Um dia de passeio pelo Jardim Botânico e no Zoológico de SP

Resolvemos fazer um passeio diferente nessas férias. Como a crise anda brava, inflação batendo no teto e a grana anda curta, achamos prudente fazer alguns passeios por São Paulo e com isso conseguimos nos divertir bastante e economizar algumas “Dilmas” no bolso.

Como a mamãe está esperando o Gael, não podíamos nos dar ao luxo de comer aqueles lanches gordurosos do Zoológico e fiz um roteiro diferente para o nosso passeio.

Fomos primeiro ao Jardim Botânico, chegamos lá por volta das 10 horas, demos uma caminhada, aproveitamos para conhecer, já que nunca havíamos ido para lá e fizemos hora brincando com as crianças e tirando fotos, até que as crianças ficassem com fome, para que pudéssemos nos alimentar com uma comida mais saudável e com um cardápio mais variado que aquele oferecido no Zoo de SP. (mais…)

Ultrassom morfológico do Gael

Encontrei com a Ana e fomos até o Salomão Zoppi Diagnósticos para mais um exame de rotina, para ver como está o nosso pequeno Gael.

O ultrassom morfológico e levou cerca de meia hora, a médica estava super disposta e foi explicando tudo detalhado, mostrou o nariz, a boquinha, mãozinhas, pezinhos e até os órgãos internos. Confesso que em alguns momentos tive que usar um pouco da imaginação para entender aquelas imagens todas, mas o que me chamou muito a atenção foi ver o coraçãozinho do bebezinho batendo, cheguei até a divagar sobre a complexidade do corpo humano e fiquei pensando: como somos tão perfeitos? (mais…)