Hérnia de disco, licença médica e férias!

Tirar férias no trabalho junto com as férias escolares das crianças é sempre um desafio para os pais, pois não é fácil ocupar a mente dessas crianças para tirá-las da frente da televisão e da internet. O mais agitado por aqui é o Gabi, pois os outros irmão ficam em seus quartos, jogando no computador o dia inteiro se deixarmos e mal saem para comer. Aliás, esse é o único momento em que os vemos, quando eles passam por nós para pegar algo na cozinha.

Essas férias para mim tem um gosto super especial, pois no começo do ano eu descobri que estava com uma compressão na medula espinhal por conta de uma “protusão discal” a famosa hérnia de disco. Eu costumava sentir muitas dores no pescoço e sempre creditei ao posicionamento que fico no trabalho sentado a frente do computador. Algumas vezes achava que tinha dormido meio de mal jeito e por isso as dores.

Mas no começo do ano, jogando futebol com uns amigos, acabei percebendo que estava perdendo coordenação motora e sensibilidade após ralar o joelho. Procurei um neurologista para saber o que estava ocorrendo e ele me pediu algumas ressonâncias magnéticas, que ficaram prontas em cerca de uma semana. Retornei ao neurologista e ele me informou que eu precisaria fazer uma cirurgia na coluna cervical, pois a hérnia estava comprimindo a medula óssea entre C5 e C6 e era preocupante pois qualquer pancada que causasse o efeito chicote em meu pescoço poderia me deixar tetraplégico.

Depois de muito tempo e muitos problemas que dão um novo post, acabei realizando a cirurgia no dia 09/06, portanto, passei 30 dias de licença médica e agora estou curtindo o final das minhas férias com a família.

Estou super bem, obviamente não fico exagerando movimentando muito o pescoço e nem pegando muito peso. Mas a recuperação está caminhando bem e daqui há mais quatro meses poderei retomar as atividades físicas normais. Se você sente perda de força nas pernas ou mão, sente espécie de choques na ponta dos dedos, perda de sensibilidade em qualquer região do corpo, vá investigar com um bom médico, pois pode ser algo sério que pode acabar comprometendo a saúde do seu corpo.

Leave a Reply